O presidente executivo da Abeetrans, Silvio Médici participou essa semana da 73ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana, realizado em São José dos Campos que reuniu mais de 300 técnicos e especialistas nos dois dias do evento. O prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth, juntamente com o secretário de Mobilidade Urbana da cidade anfitriã, Paulo Guimarães, receberam os participantes e a abertura contou com a presença do atual presidente do Fórum Paulista de Secretário, Atílio Pereira, secretário de Mobilidade Urbana de Hortolândia.

Silvio foi convidado pela coordenação executiva do Fórum e participou do primeiro dia do encontro, na sessão I que tratou do tema: “Código de Trânsito Brasileiro – CTB (Revisão e Acompanhamento), Evolução da Fiscalização Eletrônica (Aplicação nas Cidades e Rodovias); a Relação do Estado com os Municípios nas Rodovias Estaduais”.

O mediador da sessão I foi o atual presidente do Conselho Diretor da ANTP (Associação Nacional de Transportes Terrestres) Ailton Brasiliense. Além de Silvio, o debate também contou com a participação do especialista Renato Campestrini e do assessor especial da Secretaria de Logística e Transportes do Estado, Luiz Alberto Fioravante.

O debate, teve como foco a tecnologia aplicada na gestão de trânsito e um panorama sobre as rodovias paulistas. Outro assunto nesse mesmo painel, foi a questão da alteração da Resolução 396, que muda as normas de instalação e utilização dos controladores de velocidade. Segundo Silvio, a discussão sobre a questão dos radares foi bastante importante: “a Abeetrans reitera e apoia a correta instalação dos equipamentos eletrônicos por meio de estudos técnicos, exatamente como prevê a legislação. Não somos indústria da multa, mas sim a indústria da vida”, afirmou o presidente executivo da Abeetrans.

As reuniões do Fórum Paulista são realizadas periodicamente e ao longo das últimas duas décadas, muitos assuntos já foram tratados, além de proposições discutidas e encaminhadas para instancias de governo – executiva ou legislativa, e obtiveram sucesso.