Abeetrans trabalhando para redução de sinistros de trânsito

Outubro começou com muitas participações da Abeetrans em reuniões online para discutir diversos assuntos referentes a segurança no trânsito.
Nessa 4ª, dia 06.10, o presidente executivo da Abeetrans, Silvio Medici participou do primeiro dia da 80ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana que contou com a presença online de mais de 170 autoridades do setor. O evento foi promovido pelo Consórcio Intermunicipal Grande ABC, parceiro em mais uma edição do Fórum Paulista.
O secretário executivo do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Acácio Miranda abriu a reunião que teve a coordenação do presidente do Fórum Paulista, Valdeci Fogaça de Oliveira, secretário de Mobilidade Urbana de Marília-EMDURB. O evento contou ainda com a presença também do presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana, Paulo Guimarães, de São José doso Campos/SP.
Ao longo da manhã, foram tratados os seguintes assuntos:
• Programa Pró-SP de Investimentos;
• Auxílio Emergencial ao Transporte Público;
• Programa Visão Zero;
• Programa “Melhores Práticas” da UITP (Associação Internacional de Transporte Público).

Na segunda parte da reunião, Silvio pode apresentar ao grupo, os informes da solicitação de alteração da Resolução n. 798 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), de 02 de setembro de 2020 sobre requisitos técnicos mínimos para a fiscalização da velocidade nas ruas e avenidas dos municípios. “O assunto é de grande importância para os dirigentes de mobilidade urbana, uma vez que os gestores necessitam de prover a via de fiscalização e consequentemente manter a integridade dos usuários”, explicou Silvio. Ele disse ainda que essas alterações nasceram das discussões em fóruns técnicos com os gestores e fabricantes, e estão sendo encaminhado pela Abeetrans à Senatran. A Associação está encabeçando essas conversas junto as autoridades do Ministério da Infraestrutura que tratam do tema.

Abeetrans discute o Manual de Pontos Críticos

O diretor da Abeetrans de Tecnologia da Informação, Newman Marques, participou nessa última 4ª, 06.10, de mais uma reunião do GT (grupo de trabalho) sobre o Manual de Pontos Críticos, promovido pela Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) do Ministério da Infraestrutura.
Esse trabalho visa atender ao PNATRANS e está criando o banco de dados do Renaest (Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito). O projeto piloto, que está em andamento desde fevereiro desse ano, vai ajudar o país na formulação de soluções para a redução do número de mortes no trânsito.
O sistema vai centralizar informações como: número de ocorrências, de mortos e feridos, perfil das vítimas, condições das vias e dos veículos e as principais causas dos acidentes. As estatísticas serão disponibilizadas a todas as instituições envolvidas (Denatran, Detrans, DNIT, PRF, DER e sociedade civil) por meio de um painel online, com os principais indicadores de acompanhamento.
A Abeetrans participa da construção desse trabalho desde o início.