Brasília, 23 de outubro – A Abeetrans esteve reunida pela segunda vez com representantes da FGV (Fundação Getúlio Vargas), agora para colaborar no plano de desenvolvimento das composições de custos para os sistemas controladores de velocidade.

O presidente Silvio Médici e o diretor de Tecnologia Newman Marques esclareceram para os técnicos da FGV pontos por eles desconhecidos sobre a instalação dos sistemas de controle de velocidades num país de dimensões continentais e com realidades diferentes como o Brasil.

É a primeira vez que se desenvolve um trabalho dessa natureza a pedido dos órgãos de controle governamental e comandado pela FGV.

Novos encontros serão realizados e a Abeetrans está sempre aberta para a discussão de temas relevantes ao interesse público.

Pela FGV participaram:

Pedro Igor Rêgo, Jessica Gallio, Maíra Vitoriano e Sandra Fernandez.