Nesse momento, em que toda sociedade está em alerta devido à pandemia do Covid-19, decretada na última semana pela OMS (Organização Mundial de Saúde), a Abeetrans vem a público apoiar a solicitação do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana junto a FNP (Frente Nacional de Prefeitos) para que seja solicitado ao Presidente da República a edição de uma resolução por parte do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) recomendando a velocidade máxima em áreas urbanas para 50 quilômetros por hora para todos os veículos, conforme recomenda a OMS.

O ofício, assinado pelo presidente do Fórum e atual Secretário Extraordinário de Mobilidade Urbana de Porto Alegre/RS, Rodrigo Tortoriello justifica a solicitação com o objetivo de reduzir os acidentes envolvendo motociclistas nos principais centros urbanos do país. Segundo dados do SUS, cerca de 80% das internações relativas à acidentes de trânsito estão ligados a ocorrências envolvendo esse modal de transporte.

“No Estado de São Paulo, em 2018, foram realizadas 26.229 internações de pessoas envolvidas em acidentes. Do total, 22.581 (86%) eram motociclistas, enquanto as outras 3.818 envolveram carros. Em média essas vítimas de acidente com motocicletas ocupam leitos hospitalares por um período de 90 a 120 dias”, diz o oficio.

Ainda segundo o documento, “com essa medida espera-se uma redução do número de vítimas nos acidentes de trânsito e como consequência a não ocupação dos leitos em hospitais, que devem estar disponíveis para os pacientes do coronavírus”, finaliza.

Para o presidente executivo da Abeetrans, Silvio Médici, “essa medida tem total apoio da Abeetrans não só pelo caráter emergencial provocado pela pandemia do COVID 19, mas principalmente por preservar a vida dos nossos motociclistas que, sabemos, são a principal vítima de acidentes de trânsito de todo país, segundo dados do DataSus. Esperamos uma ação rápida em prol da vida, por parte do governo”, finaliza Silvio.

A Abeetrans vem acompanhando as principais informações da evolução da doença, não só no Brasil, mas também em todo mundo e coloca os canais de comunicação da Associação para divulgar informações de fontes confiáveis e também incentivar as mudanças de comportamento que todo cidadão deve ter, devido a doença.

O Ministério da Saúde no Brasil, divulgou o aplicativo para celulares chamado “Coronavírus – SUS”  para que todos tenham acesso a informações essenciais da doença e que pode ser baixado nas lojas de APPs tanto na plataforma Android, como IOS. Lá, além das informações sobre o que é o coronavírus, também tem as unidades básicas de saúde mais próximas, os cuidados essenciais nesse momento e as notícias do Ministério da Saúde.

Mais do que informações sérias e verdadeiras, é importante que a sociedade mude alguns hábitos e esteja atenta para colaborar, principalmente não espalhando notícias de fontes duvidosas. Assim como no trânsito, é fundamental que todos sigam as regras e orientações repassadas pelas autoridades competentes. Assim, enfrentaremos essa crise nos expondo ao menor risco possível.

 

Leia abaixo a íntegra do Ofício do Fórum Nacional ao prefeito de Campinas/SP Jonas Donizete, presidente da FNP:

Ofício do Fórum Nacional